Registaram-se menos incêndios rurais em Portugal

Registaram-se menos incêndios rurais em Portugal

A análise provisória relativa aos incêndios rurais entre 1 de Janeiro e 31 de Agosto de 2021 revela que este é o ano com o menor número de incêndios desde 2011 e, na mesma década, o segundo com menor área ardida.

Segundo os dados do Sistema de Gestão de Informação dos Incêndios Florestais (SGIF), esta semana divulgados, em 2021 registaram-se 6.672 incêndios rurais – o menor número de incêndios rurais no mesmo intervalo de tempo desde 2011 e menos 47% relativamente à média anual da década (12.528).

Os 6.672 incêndios resultaram em 25.961 hectares de área ardida, que correspondem a menos 68% de área ardida relativamente à média anual (79.947 hectares) do período 2011-2021 entre janeiro e agosto.

Os resultados daqueles dois indicadores confirmam a tendência de redução registada nos últimos quatros anos (ver anexo): 6.672 incêndios em 2021, 6.903 em 2020, 7.799 em 2019 e 8.525 incêndios em 2018; 25.961 hectares de área ardida em 2021, 38.735 em 2020, 28.516 em 2019 e 36.923 em 2018.

Quanto à dimensão dos incêndios rurais registados em 2021, importa salientar que 82% tiveram uma área ardida inferior a 1 hectare, registando-se 30 ocorrências com uma área ardida igual ou superior a 100 hectares – e apenas dois com área ardida igual ou superior a 1.000 hectares – que foram responsáveis por 56% (14.660 hectares) do total da área ardida desde o início do ano.

Redacção
ADMINISTRATOR
PROFILE