Covid-19 – “Regresso às nossas vidas com normalidade torna-se cada vez mais próximo”

Covid-19 – “Regresso às nossas vidas com normalidade torna-se cada vez mais próximo”

No final da reunião com os peritos no Infarmed, a ministra da Saúde considerou que, agora, é possível preparar o próximo Conselho de Ministros “com alguma esperança”. Marta Temido garantiu, ainda, que a vacinação dos jovens abaixo dos 18 anos “está clarificada” e que nos próximos dias será conhecida a posição final da Direção-Geral da Saúde.

A ministra da Saúde afirmou, em declarações aos jornalistas no final da reunião com os especialistas no Infarmed sobre a situação epidemiológica, que agora é possível preparar o próximo Conselho de Ministros “com alguma esperança”.

“Olhamos para o futuro através da lente da vacinação”, declarou Marta Temido, salientando que “o regresso às nossas vidas com normalidade torna-se cada vez mais próximo”.

Há agora, destacou, um cenário mais homogéneo a nível nacional. “Neste momento, a variante Delta é já prevalente no território nacional”, sublinhou, na 22.ª sessão sobre a evolução da Covid-19 em Portugal, no auditório do Infarmed, em Lisboa, após ouvir as apresentações dos especialistas.

“Sabemos que temos um número significativo de concelhos onde a incidência é superior a 120 casos por 100 mil habitantes”, disse.

Para a ministra, estes dados poderão permitir “tomar medidas com alguma uniformidade”, o que “não era possível” há umas semanas. “As últimas semanas foram difíceis”, mas salientou é importante continuar a cumprir todas as regras.

Sobre a proposta dos peritos de atualizar os limiares de incidência para 480 casos por 100 mil habitantes, em vez dos atuais 240, Marta Temido sublinha que isso só é possível graças ao avançar da vacinação.

Segundo a governante, o limiar de alerta para os cuidados intensivos, que era de 245, passou para os 255.

Fonte: Lusa

Redacção
ADMINISTRATOR
PROFILE