“Aldeias Lar: um futuro para o interior de Portugal”

“Aldeias Lar: um futuro para o interior de Portugal”

Vai decorrer amanhã, dia 13 de Abril, uma Oficina de Prática e Conhecimento onde aborda o envelhecimento a partir da dialética entre ganhos e perdas, numa perspectiva orientada para o aproveitamento do sossego e bem-estar das aldeias de Portugal como forma de potenciar uma nova resposta social, tendo em conta as possibilidades e limitações desta fase da vida, bem como os significados pessoais de felicidade. 

Este conceito de aldeias Lar reside e centra-se em aproveitar aldeias/vilas do interior do País em processo de despovoamento e desertificação, cuja população se encontra envelhecida, onde a oferta de emprego é diminuta, para: Promover respostas sociais inovadoras como são as respostas de Habitação Colaborativa, que assegurem o equilíbrio entre a privacidade, o ambiente colectivo e protector e respostas residenciais de pequenas dimensões privilegiando um ambiente mais familiar e humanizado e menos centrado num modelo institucional de larga capacidade; Promover novas formas de coabitação (ex. Co-housing, Aldeias Lar); Desconstruir estereótipos relativamente ao envelhecimento e promover o reconhecimento e a valorização das pessoas idosas na sociedade.

Apresentação desta iniciativa “Aldeias de Bem-Estar na Mudança do Paradigma” tem lugar dia 13 de Abril, com o seguinte programa:

14.00h – Abertura

14.15h – Apresentação do modelo “Aldeias Lar: um futuro para o interior de Portugal” João Martins – autor do modelo Aldeias Lar

14.45h – Reflexões e Comentários: Inês Amaro – Diretora do Departamento de Desenvolvimento Social do Instituto de Segurança Social, Sergio Fernandes – Director do Centro Distrital de Segurança Social de Beja e Maria Joaquina Madeira – EAPN Portugal

15.30h – Debate

16.30h – Encerramento

Esta Oficina de Prática e Conhecimento é no âmbito das actividades do Núcleo Distrital de Beja da EAPN Portugal.

Avatar
Redacção
ADMINISTRATOR
PROFILE