• O FRACO REI FAZ FRACA A FORTE GENTE

    O FRACO REI FAZ FRACA A FORTE GENTE0

    Camões? Sim, Camões. Os clássicos dão sempre grande ajuda a enquadrar o mundo e são um auxílio decisivo para se perceberem as coisas. A quem se refere esta passagem do Canto III dos Lusíadas? A D. Fernando, “o brando, remisso e sem cuidado algum”.             O exercício do poder reflete o que as pessoas são.

    READ MORE
  • RIBEIRA DA PERNA SECA – ANTES E DEPOIS

    RIBEIRA DA PERNA SECA – ANTES E DEPOIS0

    No dia 29 de novembro de 2020 choveu bastante na serra. A meio da tarde, a ribeira da Perna Seca, no Sobral da Adiça, transbordou pontualmente das margens e tocou algumas casas mais próximas ao curso de água. Não foi a primeira grande cheia a ter lugar, desde que a obra de regularização da ribeira

    READ MORE
  • ENTRE A IMPONTUALIDADE E A VERBORREIA

    ENTRE A IMPONTUALIDADE E A VERBORREIA0

    Existem três tipos de reuniões, as de trabalho, as familiares e amigos. As primeiras, salvo raras exceções, normalmente decorrem como passo a descrever: está agendada para as 09:00h. Esgotados os 15 minutos de intervalo de tolerância, a reunião ainda terá que aguardar pela chegada de alguns elementos e pelas 09:45h, altura em que o último

    READ MORE
  • CARTA AOS MEUS ALUNOS

    CARTA AOS MEUS ALUNOS0

    Há já alguns anos, talvez uns 12 ou 13, o ministro José Mariano Gago foi a Mértola para apadrinhar a apresentação do mestrado Portugal Islâmico e o Mediterrâneo. Durante o encontro com a nossa equipa, disse esta coisa extraordinária: “sabem como é que recrutam professores para uma das melhores universidades americanas? Pedem três livros escritos

    READ MORE
  • O orçamento da autarquia mourense para 2021

    O orçamento da autarquia mourense para 20210

    Foram aprovados, no passado dia 27, o orçamento e as grandes opções do plano para 20121 da Câmara Municipal de Moura.  São dois documentos muito importantes e que permitem avaliar a intervenção que a autarquia vai desenvolver no concelho nos próximos anos. Estes documentos são sempre importantes mas, em época de pandemia e com uma

    READ MORE
  • Ainda não “CHEGA”

    Ainda não “CHEGA”0

    No passado dia 24 de janeiro o país foi a votos para a presidência da república e, do que daí resultou gerou a estupefação de uns e inquietude de outros, mas sobretudo, não gerou uma análise do fenómeno sem ódios, sem sectarismos e sem exuberância ideológica por parte dos atores políticos em questão. O fenómeno

    READ MORE