Entrevista com o Coordenador das Estações Náuticas de Portugal

Entrevista com o Coordenador das Estações Náuticas de Portugal

A Estação Náutica de Moura – Alqueva (ENM), participa até dia 29 deste mês na principal feira náutica internacional, a Boot Düsseldorf 2023, na cidade alemã com o mesmo nome, um certame que valoriza os desportos náuticos e serviços marítimos, onde são esperados cerca de 250 mil visitantes de todo o mundo. O certame integra 16 pavilhões, 1500 expositores e 68 países.

Com uma relevância essencial para o turismo da região e de outros sectores a ele agregados, a importância do empreendimento associado à praia fluvial do concelho de Moura, “tem sido um grande desafio num território do interior, com um plano de água fantástico como é o Alqueva”, palavras do Coordenador da Rede das Estações Náuticas de Portugal, António José Correia, em entrevista à Planície. “A partir de 2018 foi quando iniciámos a constituição da rede e ter agora uma infraestrutura que vem dar vida à ENM, tem um grande simbolismo. É sinal de que quando queremos muito uma coisa, é possível e estamos cá para acompanhar”.

António Correia que também faz parte da Fórum Oceano, a entidade que gere o Cluster (junção) do Mar Português, diz já ter definido o número de Estações Náuticas para o Baixo Alentejo. “Neste momento temos sete certificadas, as últimas foram as de Mértola e do Alandroal. Enquanto coordenador, o meu objectivo são 10. As Estações Náuticas já estão a trabalhar em conjunto com o Nautical Alentejo (https://nauticalalentejo.pt/), nomeadamente na internacionalização e ganham uma escala maior com todos os parceiros”. Este é um aspecto positivo “numa acção de estratégia colectiva e que seja reconhecida pelos programas regionais”, afirmou o coordenador.

A Estação Náutica de Moura está presente na maior feira de náutica internacional, que se realiza na Alemanha, até dia 29 deste mês, um projecto que dinamiza a região, a par das sete implementadas.

Redacção
ADMINISTRATOR
PROFILE