Entrevista ao novo treinador do Moura: quer mais “atitude” na equipa

Entrevista ao novo treinador do Moura: quer mais “atitude” na equipa

O novo técnico do Moura Atlético Clube (MAC), José Luís Prazeres, já assumiu funções e deu a sua primeira entrevista à Planície. Saído recentemente do Sport Clube Mineiro Aljustrelense, revelou que não esperava voltar a trabalhar tão depressa.

“Estava convencido e mentalizado que não iria voltar a treinar este ano devido à minha saída de Aljustrel, já que não é normal depois de uma saída haver logo um convite”.
Assim que recebeu a solicitação da parte da Comissão Administrativa do MAC, aceitou-a “com muito agrado” e ficou “honrado e satisfeito por voltar ao activo e respeitar um histórico do futebol alentejano”.

Com uma missão pela frente, o novo treinador da formação mourense explicou como vai dar a volta à instabilidade que assola a equipa neste momento. “O que eu posso prometer, o que eu quero para as minhas equipas, ou seja, é atitude enorme, sobretudo na defesa do histórico do clube. Quem joga no Moura tem que defender a camisola, não joga quem quer, só joga quem tem capacidade e qualidade para o fazer”.

José Luís Prazeres vai mais longe ao afirmar que quer um plantel, “à imagem daquilo que é a minha pessoa, ou seja, temos de deixar a “pele” em campo, defendendo com unhas e dentes e até exaustão, cada jogo”.

Sobre a antevisão do jogo frente à turma de Aljustrel, já este domingo, dia 15, fez questão de esclarecer que “não vai ser o mineiro contra o Zé Luís de forma nenhuma. Vai ser uma partida difícil onde vou passar aos meus jogadores, que temos de conseguir bons resultados. Este domingo na casa do líder, iremos tentar fazer um bom jogo com o objectivo de ganhar” e também “vencer os outros jogos”.

O actual técnico do Moura Atlético Clube quer que a equipa amarela e preta tenha mais atitude, mais orgulho na camisola e capacidade para defender o clube.

Redacção
ADMINISTRATOR
PROFILE