Alentejo assinala hoje o Dia Internacional pela Eliminação da Violência

Alentejo assinala hoje o Dia Internacional pela Eliminação da Violência

A Associação das Mulheres Moura Salúquia assinala hoje, 25, o Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres, com a participação durante a manhã de uma actividade da Câmara Municipal de Beja, na Escola Profissional Bento de Jesus Caraça, em que os alunos representam ao vivo situações de violência doméstica.

Já durante a tarde, a Moura Salúquia vai estar presente como entidade parceira, no município de Vidigueira que evidencia a data de hoje, com a organização de uma roda de conversa, às 15h00, no salão da Biblioteca Doutor Palma Caetano, em Vidigueira.

Para abordar a temática, marcam presença na iniciativa a representante da União de Mulheres Alternativa e Resposta (UMAR), Alexandra Dourado e a representante do Núcleo de Apoio à Vítima (NAV) de Beja, Patrícia Cardoso.

Esta data é um alerta para o caminho que há ainda a percorrer na prevenção e na protecção. Entre Janeiro e Outubro deste ano, já morreram 22 mulheres em contexto de violência doméstica, com os números a aumentar desde o ano passado, em que foram 21 vítimas. Nem que fosse apenas uma. É urgente agir.

Uma das iniciativas da cooperação entre Estados-Membros da Comissão Europeia, é o Plano de Acção em Matéria de Igualdade de Género. Este plano promove o acesso universal a cuidados de saúde, à educação e a cargos de liderança. Destaca-se a inclusão das mulheres em domínios como a transição ecológica e a transformação digital.         

A data foi instituída pela Organização das Nações Unidas, com o propósito de alertar para as várias formas de violência que atingem as mulheres, desde física, psicológica, sexual, social, entre outras, não só em contexto doméstico, como em público.  

Foro ilustrativa: Projecto Cresce e Aparece – E8G que intervém nos concelhos de cuba, Alvito e vidigueira.

Redacção
ADMINISTRATOR
PROFILE