Hospital de Beja assegura cardiologia com um médico de medicina interna

Hospital de Beja assegura cardiologia com um médico de medicina interna

O Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, tem apenas dois cardiologistas, marido e mulher, que tiram férias na mesma altura, uma situação antiga, que acontece todos os anos.

Questionada sobre tema, o Conselho de Administração da ULSBA informou a Planície “que os médicos da especialidade de Cardiologia são dois e, como casal, têm o direito por lei a gozar o maior período de férias em conjunto já que ambos são funcionários públicos”.

Na ausência dos cardiologistas, o atendimento da especialidade é feito por um médico de medicina interna: “Como tem acontecido todos os anos a esta data, na sua ausência fica sempre um médico de Medicina Interna a substituí-los, garantindo, com a restante equipa de saúde, os devidos cuidados médicos e a melhor assistência aos doentes”, informou a ULSBA.

A região do Baixo Alentejo debate-se com a falta de médicos e a sobrecarga de horários nas várias especialidades no serviço de saúde pública. 

Redacção
ADMINISTRATOR
PROFILE