Lares autorizados a receber visitas com certificado ou teste negativo

Lares autorizados a receber visitas com certificado ou teste negativo

A Direcção Geral de Saúde (DGS) autorizou as visitas aos lares de familiares e de outros visitantes, mediante a apresentação de um certificado de vacinação à Covid-19 ou um teste negativo.

As videochamadas e outros meios de comunicação que até aqui estavam a ser usados para minimizar as saudades dos idosos, vão ser agora substituídos pela presença física, mas de acordo com orientação da DGS, entidade que define os procedimentos para as Estruturas Residenciais para Idosos (ERPI) e para Unidades de Cuidados Continuados Integrados, existem situações a ter em conta durante as visitas.

A DGS destaca nas suas medidas orientadores que é necessário garantir “o acesso e a utilização adequada dos espaços e respectiva higienização e ventilação”. 

O uso de máscara continua a ser obrigatório pelos trabalhadores e visitantes das instituições para acesso ou permanência no interior, assim como a vacinação contra a Covid-19 de todos os profissionais sendo esta “fortemente recomendada”, de acordo com orientação da DGS.

A DGS reforça ainda que todos os cuidadores/profissionais da instituição devem fazer a automonitorização diária de sinais e sintomas compatíveis com a covid-19 à entrada e saída de cada turno.

Redacção
ADMINISTRATOR
PROFILE