Dark Sky Alqueva eleito como um dos 100 destinos sustentáveis do mundo

Dark Sky Alqueva eleito como um dos 100 destinos sustentáveis do mundo

O Dark Sky Alqueva, o primeiro destino do mundo onde se pode observar planetas, crateras da lua, até ao céu mais profundo do Alqueva, voltou a ser eleito pela segunda vez consecutiva, como um dos 100 destinos mais sustentáveis do mundo.  

A “2021 Top 100 Unveiling Ceremony”, teve lugar no dia 5 de Outubro durante o Global Green Destination Days, um evento anual que reúne profissionais de sustentabilidade e destinos mundiais com boas práticas e que sirvam de exemplo, como é o caso do vencedor.

Este importante galardão é o reconhecimento de um trabalho que “a Dark Sky faz no território de Alqueva”, mas não só, tal como disse Apolónia Rodrigues, presidente do Dark Sky (Céu Escuro): “É o destino Dark Sky criado desde 2007 sobre um modelo integrado de gestão de destino sustentáveis. Este modelo tem sido aprimorado desde 1998, o que implica trabalho na sustentabilidade e em toda a parte social, ambiental, económica e de todas as componentes em equilíbrio”.

Outra das missões deste Observatório, é o combate a um tipo de poluição cada vez mais nociva. “É a poluição luminosa e é um trabalho transversal que implica mais saúde, ambiente e economia, ou seja, não só pela atractividade do mercado, mas também pela poupança enorme gerada pela diminuição do excesso de iluminação que existe no nosso território”, destaca Apolónia Rodrigues sobre o Observatório do Alqueva cada vez mais procurado como destino sustentável.

Redacção
ADMINISTRATOR
PROFILE