Covid-19 – Tudo o que muda (e o que se mantém) a partir de Outubro

Covid-19 – Tudo o que muda (e o que se mantém) a partir de Outubro

Estamos agora em condições de poder avançar para a terceira fase”, anunciou António Costa, numa declaração em que avançou com as novas medidas, que estarão em vigor a partir de outubro. Há alterações nos locais onde é pedido o Certificado Digital, mas a máscara vai continuar a ser obrigatória em algumas situações. Fique a par do que aí vem.

António Costa anunciou hoje que o país está “em condições de avançar” para a terceira e última fase do desconfinamento e adiantou que, na próxima semana, deverá ser atingida a meta de 85% da população com a vacinação completa.

“Estamos agora em condições de poder avançar para a terceira fase” do plano de alívio das restrições impostas para controlar a pandemia que começou a ser implementado a 1 de agosto, referiu António Costa, em conferência de imprensa, após o Conselho de Ministros.

Assim, a partir de 1 de outubro, a próxima segunda-feira, passa a estar em situação de Alerta e “poderemos começar a permitir a reabertura de bares e discotecas com a exigência de Certificado Digital” para o acesso. Terminam ainda os limites de horários.

Já os restaurantes passam a não ter limite máximo de pessoas por grupo. Termina ainda a exigência de Certificado Digital em restaurantes e estabelecimentos turísticos e de Alojamento Local. Também na próxima segunda-feira é posto fim aos limites de lotação para o comércio, casamentos e batizados e espetáculos culturais.

Por outro lado, “o Certificado Digital continuará a ser condição de acesso” a viagens por via aérea ou marítima e a visitas a lares e estabelecimentos de saúde. O documento mantém-se necessário também para a entrada em “grandes eventos culturais, desportivos ou corporativos”.

No que às máscaras diz respeito, António Costa afirmou que “não havendo nada a alterar sobre o que já foi decidido sobre a máscara no espaço público”, este equipamento de proteção individual vai manter-se obrigatória nos transportes públicos, nos lares e nas visitas a lares, nos hospitais e nas visitas a hospitais, nas salas de espetáculos e nos eventos e nas grandes superfícies.

Fonte: NM

Redacção
ADMINISTRATOR
PROFILE