Autárquicas 2021 – Cidália Figueira candidata do CHEGA à Câmara de Moura

Autárquicas 2021 – Cidália Figueira candidata do CHEGA à Câmara de Moura

Moura foi palco da apresentação dos candidatos do distrito de Beja, do CHEGA, às Autárquicas 2021, que têm lugar no dia 26 de Setembro.

O evento que teve lugar na Praça Sacadura Cabral, contou com a presença do presidente do partido, André Ventura, que é também candidato à Assembleia Municipal de Moura.

Durante a apresentação realizou-se uma acção de protesto por parte de um grupo de pessoas, que foram dispersas pela Brigada de Intervenção do Comando de Beja da PSP, não se tendo registado qualquer confronto.

Cidália Isabel Floreano Figueira, 45 anos, natural de Moura, é a cabeça de lista do Partido CHEGA à Câmara Municipal de Moura.

A candidata exerce actualmente funções no Comando Territorial da GNR de Beja, na secção de Recursos Humanos e Justiça.

Entre 1997 e 2018 trabalhou na Câmara Municipal de Moura, nomeadamente no Sector Jurídico, secretária de apoio à Vereação, e divisão de Acção Social e Educação. Entre 2018 e 2020 exercia funções na ACT Beja, estando responsável pelo sector de contra-ordenações laborais.

Cidália Figueira em declarações à Planície sublinhou que se candidatou a Moura porque ”é a minha terra, todas as minhas raízes são de cá, tenho Moura no coração”. A candidata salientou que “tenho pena que Moura, tenha estagnado. Quero vê-la, mais desenvolvida, em muitos aspectos, como na saúde, na cultura e na educação”. Acrescentando que “temos várias ideias e projectos”.

Sobre o facto de concorrer pelo CHEGA, adiantou que “porque acredito no partido. Não quero compadrios, quero honestidade, integridade e transparência, quero um basta”. Cidália Figueira diz que “eu trabalhei 22 anos na Câmara Municipal de Moura, já vi muito nos bastidores e quero essa mudança, pela terra e por todos nós que merecemos melhor”. A candidata refere ainda que “quero colocar o concelho de Moura no mapa, porque está um pouco esquecido e quero evidenciá-lo. É isso que me leva a candidatar-me por Moura”

Segundo a candidata “Gosta de praticar desporto, principalmente caminhadas de longo curso, tendo já feito várias vezes os caminhos de Santiago a pé”.

Recordamos que o primeiro nome avançado para a Câmara Municipal de Moura, pelo partido, foi o de Francisco Tojo.

André Ventura candidato à Assembleia Municipal de Moura

O candidato à Assembleia Municipal de Moura, André Ventura, referiu à Planície a razão de a apresentação, se realizar na cidade e o porquê de se candidatar. “nós estamos aqui, para mostrar que o CHEGA, está implementado em todo o território nacional, não só nas zonas mais favoráveis, mas também onde há maior conflito e onde a nossa presença cria maior animosidade”, afirmou.  O presidente do partido salientou que “Moura é um dos concelhos do País, onde se sente a dificuldade de aplicar medidas, como aquelas que nós, temos defendido. É onde mais se nota a subsidiodependência, os problemas do afastamento do Estado, em relação às comunidades locais e por isso fazia todo o sentido, que eu aqui estivesse, que desse a cara por uma candidatura destas”.

Sobre a candidatura à autarquia de Moura, André Ventura refere que “faz todo o sentido, que o CHEGA ganhe a Câmara e a Assembleia Municipal.” Acrescentando que “tivemos mais de 30% nas eleições presidenciais aqui. O objectivo é vencer, é isso que vamos fazer, para mostrar às pessoas, que se ganharmos, vamos ter soluções para os problemas que há anos apontamos e não há melhor exemplo que Moura, para aplicar todas as soluções que temos defendido para Portugal”.

O CHEGA vai concorrer às Câmara de Aljustrel, Beja, Mertola, Moura, Odemira, Ourique e Serpa.

Redacção
ADMINISTRATOR
PROFILE