“Bazuca Financeira” deve disponibilizar recursos para o Baixo Alentejo – CIMBAL

“Bazuca Financeira” deve disponibilizar recursos para o Baixo Alentejo – CIMBAL

A CIMBAL – Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo submeteu contributos, no âmbito da consulta pública promovida para o Plano de Recuperação e Resiliência – PRR, também conhecido por “Bazuca Financeira”.

No comunicado enviado à nossa redacção, a CIMBAL refere que, “não obstante se constatar que a esmagadora maioria das verbas são direccionadas para as áreas mais populosas, designadamente as áreas metropolitanas, é nosso entendimento que este instrumento deve disponibilizar recursos para o interior do país, nomeadamente para o Baixo Alentejo, de forma a poder concretizar investimentos absolutamente fundamentais e há muito aguardados (…e prometidos!)”.

A CIMBAL já tinha efectuado contributos para o Plano Nacional de Investimentos 2030 e, reivindica a concretização, com recurso às verbas do PRR, da conclusão do IP8 e a electrificação da Linha Ferroviária do Alentejo.

Recordamos que o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) submetido a consulta pública é um amplo documento estratégico, onde estão plasmadas reformas estruturais fundamentais para assegurar a saída da crise pandémica e garantir um futuro resiliente para Portugal.

O PRR beneficia igualmente de um envelope financeiro total de 16 643 milhões de euros (M€), composto por 13 944 M€ em subvenções e por 2 699 M€ em empréstimos, com o investimento centrado em três grandes áreas temáticas: resiliência, transição climática e transição digital.

Redacção
ADMINISTRATOR
PROFILE