Freguesias do Distrito de Beja apresentaram reivindicações

Freguesias do Distrito de Beja apresentaram reivindicações

Realizou-se no passado dia 20 de Fevereiro, o Conselho Geral da ANAFRE – Associação Nacional de Freguesias, em modo virtual, que contou com a participação de cerca de uma centena de participantes.

O Delegado Distrital de Beja da ANAFRE, Vitor Morais Besugo, esteve presente neste Conselho Geral e abordou algumas questões entre as quais o Protocolo da ANAFRE com os CTT; os acordos de capacitação entre as Juntas de Freguesia e a ADSE.

Vitor Morais referiu à Planície que começou por agradecer à ANAFRE, todo o trabalho que tem sido feito em dois temas importantes para as freguesias, como foi o protocolo com os CTT. “Muitos dos postos de correio que existem nas Juntas de Freguesia, as mesmas recebiam por esse serviço, umas 10, outras 12 ou 15 euros e as que eram melhor pagas recebiam cerca de 300 euros mensais. Prestam um serviço com um funcionário da junta, pagam a electricidade e a água. Com este protocolo, as freguesias associadas da ANAFRE, vão começar a receber cerca de 700 euros mensais”.

Na parte das reivindicações Vitor Morais adiantou que “pedimos que houvesse uma formação em Protecção Civil, aos eleitos locais. Nós quando chegamos às juntas, temos lá um colete que diz Protecção Civil e presidente de junta.  Em caso de emergência na nossa freguesia, somos os primeiros a chegar aos locais, mas não temos formação para saber o que fazer”.

Em relação à vacinação o representante da ANAFRE no distrito referiu que “foi pedida a vacinação de trabalhadores das juntas, que estejam expostos a maiores riscos.  Falamos dos que fazem o transporte de doentes do Serviço de Saúde”.

Adiantou ainda que “agora quando começar a fase da vacinação, já fomos abordados para fazer o transporte das pessoas até aos centros de vacinação e o mínimo que pedimos é que os trabalhadores que fazem esse serviço, sejam também eles, considerados prioritários.”

Avatar
Redacção
ADMINISTRATOR
PROFILE