Covid-19 – Sobe para 91 o total de infectados no lar de Cuba

Covid-19 – Sobe para 91 o total de infectados no lar de Cuba

O número de infetados no surto de covid-19 no Lar da Misericórdia de Cuba, no Alentejo, subiu de 32 para 91, após confirmada a infeção em mais 44 utentes e 15 funcionárias, revelou o provedor.

Estes 59 casos de infeção pelo vírus que provoca a doença covid-19 foram detetados em novos testes feitos a utentes e funcionários do lar de idosos que tinham tido resultados negativos ou inconclusivos na testagem anterior, disse à agência Lusa Francisco Orelha, provedor da Santa Casa da Misericórdia de Cuba (SCMC).

Do total de 91 infetados no surto no lar, situado na vila de Cuba, no distrito de Beja, 66 são utentes e 25 funcionárias, precisou.

Segundo o provedor, os 66 idosos infetados estão no lar e separados dos restantes seis utentes, dos quais cinco tiveram resultados negativos e um teve resultado inconclusivo.

Devido ao número de funcionárias infetadas, o lar chegou a ter “muitas dificuldades” em conseguir assegurar a assistência e os cuidados aos utentes, mas, entretanto, “a situação melhorou”, com a ajuda de várias entidades.

Atualmente, precisou, a assistência e os cuidados aos utentes estão a ser assegurados por 20 funcionários do lar e com a ajuda de voluntários e de pessoas contratadas por outras instituições.

Entre os funcionários em funções, há 17 que tiveram resultados negativos nos testes e três trabalhadoras infetadas que, por não terem sintomas, “prontificaram-se” para ficar na instituição.

“É de louvar a atitude destas três funcionárias”, sublinhou.

Segundo Francisco Orelha, entre as restantes pessoas que estão a colaborar na assistência e cuidados aos utentes, estão seis da brigada de intervenção rápida do distrito de Beja, criada pela Segurança Social em parceria com a Cruz Vermelha Portuguesa, seis enviadas pela Câmara de Cuba, duas pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional e uma enfermeira e uma médica do Centro de Saúde de Cuba.

Os primeiros três casos de infeção no lar, de uma utente e duas funcionárias, foram detetados no dia 04 deste mês, através de testes rápidos de despiste do vírus feitos pela SCMC a todos os idosos e trabalhadores.

Lusa

Avatar
Redacção
ADMINISTRATOR
PROFILE