STAL hoje em protesto frente ao parlamento

STAL hoje em protesto frente ao parlamento

Os dirigentes, delegados e activistas do Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local, (STAL), vão concentrar-se hoje junto à Assembleia da República, para exigir a regulamentação do suplemento de insalubridade, penosidade e risco.

Nesta acção, que terá início pelas 15 horas e deverá contar com cerca de meia centena de participantes, será aprovada uma carta aberta dirigida ao governo, Assembleia da República e respectivos grupos parlamentares, bem como às autarquias.

Na proposta de texto, sublinha-se que o suplemento de insalubridade, penosidade e risco “é uma justa reivindicação de milhares de trabalhadores” das autarquias, que “asseguram funções essenciais à saúde pública e à vida das comunidades, às quais estão associadas condições de insalubridade, penosidade e risco”, hoje agravadas pela crise pandémica.

O documento condena o recente chumbo na Assembleia da República dos projectos de regulamentação apresentados pelo PCP, PEV e BE, na sequência da petição promovida pelo STAL, acusando a bancada do PS de ter faltado ao compromisso assumido de contribuir para uma solução consensual.

O STAL recorda ainda que dezenas de autarquias aprovaram recomendações ao governo e à Assembleia da República em defesa da regulamentação do referido suplemento.

Comentários

Tem de estar registado para fazer comentários.