Covid-19 – Novas regras preocupam proprietários de bares em Moura

Covid-19 – Novas regras preocupam proprietários de bares em Moura

Os estabelecimentos de bebidas com espaço de dança, vão poder reabrir se cumprirem as regras dos cafés e pastelarias, anunciou a ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva. A decisão foi tomada em Conselho de Ministros.

A partir de 1 de Agosto prolongando-se até ao dia 14 do mesmo mês, os bares com espaço de dança, passam a poder funcionar como cafés ou pastelarias, sem necessidade de alteração da respectiva classificação de actividade económica, se cumpridas as regras da DGS e nos espaços destinados a dança sejam colocadas mesas e cadeiras.

O horário de funcionamento também vai ser idêntico aos dos cafés e pastelarias.

A Planície falou com José Andaluz, proprietário do Bar “O Tarro” na cidade de Moura, que sublinhou “nós sabemos que não é fácil a situação em que vivemos. Para os bares está a tornar-se cada vez mais difícil a subsistência. Não podemos trabalhar da forma que sempre fizemos e está a tornar-se problemático”.

O proprietário acrescentou que “deviam ter um pouco mais de consideração e seguindo todas as regras, podiam alargar o horário até por exemplo às 2h da manhã. O grande problema é que as pessoas não se estão a juntar nos bares, mas juntam-se em outros locais o que se torna perigoso, porque não são controladas”.

Também outros proprietários de bares do concelho de Moura mostraram a sua preocupação com as consequências financeiras que estas novas medidas podem trazer, havendo alguns com vontade de fechar as portas definitivamente.

A partir do próximo sábado os bares tem autorização para abrirem, com os mesma regras e horários dos cafés e pastelarias.

Comentários

Tem de estar registado para fazer comentários.